13.2.09

Estarão os portugueses preparados?

Com frequência ouvimos os políticos, a propósito de alguns temas mais melindrosos, dizer: não sei se os portugueses estarão preparados para esta discussão.
Foi assim com o aborto, é assim com o “casamento” entre homossexuais e está a ser assim com a eutanásia.

O que me questiono é se a afirmação está bem construída. Não ouvimos, normalmente, essas afirmações da parte dos que estão contra. Ouvimo-las, isso sim, da parte dos que se posicionam a favor de qualquer um daqueles actos. A afirmação deveria ser algo como: não sei se já haverá muitos portugueses a apoiar-nos nesta discussão.
É que os portugueses discutem com frequência (eu sou português e a maioria das pessoas com quem lido diariamente também o são) estes temas. Casamento dos homossexuais, eutanásia, aborto (incluindo o, para mim horrendo, partial birth abortion), se os padres se casam, se as mulheres podem ser padres, a guerra no Iraque, os mortos nos campos de concentração, os casos Freeport e Casa Pia, etc., são conversa diária de café.
Os portugueses estão preparados e desde há muito que discutem estes temas. Todavia, os portugueses ainda não aceitam, isso sim, totalmente as ideias de alguns ideólogos que apoiam actos atrozes sob a capa de um sentimentalismo absurdo. Graças a Deus!

O atestado de estupidez e de insignificância que nos passam estes políticos é de tal forma elevada que só merece uma resposta da nossa parte: os portugueses ainda não estão preparados para aceitar tão vergonhosa classe política...

2 Comentário(s):

Blogger Pedro F. escreveu...

São as vanguardas do povo... Mas temo que os portugueses, pouco preparados para a crise, lhes dêem a atenção que, noutro caso, não teriam.

13 de fevereiro de 2009 às 11:18  
Blogger Cipriano escreveu...

Caro Pedro,

os portugueses não estão preparados para a crise. Os portugueses vivem em crise já há mais de 6 anos, porque foi a crise em que vivemos e a incapacidade de a superar que levou o Guterres e o Barroso a desertarem.

14 de fevereiro de 2009 às 09:13  

Enviar um comentário

<< Home